Caminho Xacobeo Miñoto - Ribeiro

Etapa 6: Pazos de Arenteiro - Soutelo de Montes

Pazos de Arenteiro - Soutelo de Montes

Dados:

Distância: 29,60 Km.
Dificuldade: Alta
Duração aproximada: 6 h. 25 min.
Baixar rota: (Kml) Clique aqui.
Preparemo-nos para uma etapa especialmente longa e exigente, de 29,600 km. Surgem Pontes, caminhos de pedra, calçadas medievais, aldeias pequenas e genuinas, até culminar esta etapa no Soutelo de MontesForcarei.

Troço 1: Pazos de Arenteiro - Feás

  • Distância: 11,00 Km.
  • Dificuldade: Alta
  • Duração aproximada: 2 h. 23 min.
Saímos pelo caminho real em direção ao bairro de AVila na qual se encontram várias adegas medievais, continuando por uma estrada asfaltada até chegar à aldeia de Salón passamos por uma ponte de época moderna. Aqui encontramos a chamada Granxa de Salón, da Encomienda de Pazos junto com outras adegas históricas. Segue o caminho, ascendente e em direção a norte, entre muros e lajeado sobre uma pedra natural, até à paragem em Santa Lucía, onde se localizava a capela com o mesmo nome antes de ser mudada para a aldeia (hoje há um pequeno santuário e vestígios de um pelourinho).

A rota, depois de chegar à igreja paroquial de Albarellos, continua por um caminho real até as adegas de Tombelo, nas quais se localiza outra adega medieval da Encominda de Pazos e desde aqui até à aldeia de Lamela e Paredes, na qual se situa a capela de São Lourenço, capela esta que acolhe no seu interior a figura de um Santiago Peregrino que estava enterrado e que apareceu durante as obras de intervenção da mesma. No seu exterior tem gravada uma cruz e o nome do comendador da Encomienda de Pazos. O caminho segue por uma estrada asfaltada até chegar à aldeia de Vilachá, na qual se localiza um castro, para prosseguir por estradas de terra e de asfalto até chegar à aldeia de Feás, passando antes por uma necrópole tumular (mamoas) de A Besada.

Troço 2: Feás - Antas

  • Distância: 4,7 Km.
  • Dificuldade: Alta
  • Duração aproximada: 1 h. 11 min.
Seguimos, em direção a norte, por uma estrada asfaltada até chegar à aldeia de A Fenteira, desde a saída do centro, apanhamos uma estrada de terra em direção a norte que nos leva até a uma localidade conhecida como mamoa do Ouro (ao lado do caminho temos uma mamoa) para logo apanhar uma cruz à esquerda que nos leva à localidade da Portela da Chancela e concretamente até Ponte do Becho (Molino) para prosseguir por uma estrada de terra em direção a norte até chegar à paragem de la Lavandeira, aqui chegamos a um troço de uma estrada de terra chamada Verea Vella, levando-nos à aldeia de As Antas, onde se localiza o marco "Mesa dos Bispos", marco diocesano e jurisdicional mencionado na documentação da Idade Média, ao lado de um cruzamento de caminhos reconhecidos (o Padre sarmiento na sua viagem menciona-o) e nele observam-se as iniciais das diferentes dioceses e jurisdições gravadas na pedra.

Troço 3: Antas - Soutelo de Montes

  • Distância: 13,9 Km.
  • Dificuldade: Alta
  • Duração aproximada: 3 h. 7 min.
Seguimos o caminho em direção a Arnelas e desde aí, seguimos por uma estrada asfaltada até à aldeia de A Ermida, continuamos por um caminho de terra e entre muros até à aldeia de Portela de Lamas, para chegar ao cruzamento com a estrada N-541 por um troço de estrada asfaltada ao longo de 350 m.
Continuamos o caminho por uma estrada de terra situado à esquerda e após uma descida suave no troço mencionado chegamos a Soutelo de Montes, antiga capital de jurisdição de Montes no início do século XVI e no qual se encontram pelourinhos, um deles com figuras de Santiago Peregrino e S. Roque, patriarca de Soutelo de Montes.

Galería de fotos:

Documentos:

Enlaces:

Endereço
Rúa Otero Novas, 1
32200 Cortegada (Ourense) - Galicia
Telefone
(+34) 619 112 935
Email

info@caminominotoribeiro.com

Nossos cookies próprios e de terceiros são usados ​​em nosso site para fins analíticos e de marketing. Para continuar navegando, é necessário aceitar a política de cookies.
Política de Cookies Aceitar